Cuidados Básicos com os Cabelos (1910)

Uma das vaidades das belas eduardianas eram os seus cabelos. Longos,cacheados, arrumados em penteados complexos – muitas vezes com o auxílio de apliques de cabelo humano! – eles eram um atributo feminino indispensável. Como hoje, as mulheres tinham lá seus truques de beleza e numerosos cuidados com as madeixas:

 

Um cabelo é grandemente afetado pelo tratamento que recebe a cada dia. Por exemplo, eu acredito que ser impossível uma mulher que não escova e trança seus fios todas as noites ter os cachos luxuriantes de quem segue essa rotina, que inclui, além dos cuidados triviais, que o cabelo seja inteiramente seco após a lavagem com shampoo, e que o couro cabeludo não esteja úmido quando os alfinetes e grampos forem colocados.

Ocasionalmente, um banho de sol dá à cabeça tônus e vigor tanto quanto ao corpo,e secar o cabelo ao sol após a lavagem é o ideal. Esfregar levemente toalhas suaves e macias deve ser a primeira coisa a ser feita, e conforme a umidade começa a desaparecer  deve-se sentar confortavelmente ao sol, com os cachos soltos, virando-os ocasionalmente para que fios absorvam os raios brilhantes por igual. Esse tratamento é tão importante que considero um erro lavar o cabelo em dias úmidos ou nublados.

Não se deve aplicar calor diretamente sobre o cabelo após a lavagem. Por exemplo, espalhar o cabelo sobre um aquecedor é um convite para os fios ficarem grisalhos, pois dessa maneira os óleos nutritivos naturais do cabelo secam e os fios ficam famintos e perdem a cor.A fricção e a luz do sol são os dois únicos agentes benéficos.

A velaterapia é indubitavelmente uma das melhores maneiras de tratar  cabelo fraco ou fora de sua condição normal. Mesmos os fios mais saudáveis às vezes requerem que as ponta sejam tratadas assim, pois dá um novo fôlego ao crescimento, sem o risco de pontas-duplas. Quando as pontas estiverem secas e espevitadas, elas devem ser queimadas, o que é feito da seguinte maneira pelos profissionais: tome mechas de cabelo, torça-as com firmeza e passe rapidamente a chama de uma vela, que queimará as pontas sem afetar o comprimento. É uma operação que parece simples, mas requer grande habilidade. Não deve ser repetida num intervalo menor do que três meses.

Fonte: “Health and Beauty Hints” (1910)

 

OBSERVAÇÃO

As informações aqui apresentadas são de 1910 – isso é muito anterior aos testes dermatológicos. Não encorajamos ninguém que não tenha conhecimento da área a testá-las. Se você fizer isso, estará agindo por sua conta e risco e não temos qualquer responsabilidade sobre isso.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *